world peace forum

Voluntários reunidos para a realização do Fórum Mundial da Paz
Voluntários reunidos para a realização do Fórum Mundial da Paz

O Fórum Mundial da Paz, evento sem fins lucrativos que tem como objetivo partilhar conhecimentos, iniciativas e ações voltadas à promoção da paz, será realizado pela primeira vez na América. Após ser sediado em centros mundiais como Schengen, em Luxemburgo, Cairo, no Egito e Pearl, na Alemanha, a cidade brasileira de Florianópolis foi a escolhida para receber os mais de 2 mil participantes da edição de 2016.

Essa é a décima edição do evento, que será realizado entre os dias 22 e 25 de setembro no Centro de Eventos Governador Luiz Henrique da Silveira. O tema We Believe – Nós Acreditamos permeará todas as atividades, que contemplarão um dia dedicado à Ecologia (We Believe in Changes, em 23 de setembro), à Humanidade (We Believe in Rights, em 24 de setembro) e no Dia da Educação para a Paz (We Believe in Peace, em 25 de setembro).

“A opção pelo Brasil faz parte de uma estratégia internacional de realizar o fórum nas Américas, porque o conceito da educação para a paz deve ser construído em toda parte e a ideia precisava de um local mais permeável a essa nova cultura”, relata a filósofa Dulce Magalhães, presidente do X Fórum Mundial da Paz. O evento brasileiro é uma parceria entre a Schengen Peace Foundation, realizadora mundial do Fórum da Paz, e à Unipaz, organizadora local do evento, para concentrar diversas ações e mobilizações internacionais a partir do Brasil.

De acordo com a organização, estão confirmadas delegações dos Estados Unidos, Serra Leoa, Jordânia, Espanha, Itália, Romênia, Líbia, Egito, Marrocos, Portugal, Congo, Palestina, Equador e México, formadas principalmente por jovens. No total, o encontro global deve ter representantes de 60 países. “É o momento para conhecer e reconhecer quem mais está buscando um estado pacífico no mundo. É um fórum para partilhar saberes, trocar soluções e experiências. Mais que isso, é uma importante concentração de pessoas unidas para revitalizar o desejo de paz e reacender os interesses e as ações em prol desse objetivo em comum”, detalha a presidente do Fórum.

O Fórum Mundial da Paz precisa de voluntários para atuar no evento – comunicadores, tradutores, recepcionistas e profissionais de segurança, cerimonial e apoio médico. Por princípio, o Fórum não aceita patrocínios ou apoios empresariais.

Múltiplos encontros

O Fórum Mundial da Paz será constituído de três eventos. Além do Fórum propriamente dito, haverá o Festival Mundial da Paz, uma atividade global que reunirá manifestações pela paz feitas por crianças e jovens de 118 países no Dia Internacional da Paz, 21 de setembro, das 11h às 12h. Essas atividades serão transmitidas pela Unity, a rede difusora de comunicação virtual das Nações Unidas.

Haverá um espaço para os jovens no local do evento. O Youth World Peace Forum terá encontros e atividades voltadas a esse público nos dias 23 e 24 de setembro. No dia 23, a programação também contempla uma conexão simultânea de duas horas feita com centenas de jovens dos cinco continentes. Na abertura e no encerramento do Fórum, 22 e 25 de setembro, as atividades serão conjuntas.

A conferência de encerramento será realizada pela ONU. A participação irá culminar com a entrega da Proposta 1% para a Paz, elaborada pela Rede Paz de Buenos Aires. “A ideia é que 1% do orçamento dedicado à segurança e ao combate à violência de cada País seja destinado a ações de educação pela Paz. No ano seguinte, os resultados serão avaliados e se houver melhora, o compromisso é investir 1% a mais. Assim, ao longo dos anos, a intenção é inverter a lógica e investir mais em educação para a paz que em combate à violência”, resume a presidente do X Fórum Mundial da Paz.

As inscrições devem ser feitas pelo site forummundialdapaz.org e incluem a participação em todas as atividades, além de oito refeições, ao longo dos quatro dias do evento. Interessados em apresentar projetos ou experiências e em aderir ao Fórum Mundial da Paz como voluntário também podem entrar em contato pelo telefone +55 (48) 3047-7600 ou pelo email: contato@worldpeaceforum.org.

More Stories

The UN Sustainable Development Goal number 7 aims to provide clean, affordable and reliable energy for all, to further inclusion, opportunity and empowerment. Almost 200...