crianças

A filosofia de trabalho da ONG Frutos do Amanhã é a solidariedade humana. Com atuação em comunidades em vulnerabilidade social, a organização usa a cultura, educação, respeito e cidadania para modificar as vidas de crianças e famílias em situação de risco. Membro ativo da nossa comunidade Horyou, a fundadora da ONG Heloisa Morais falou com o nosso blog sobre suas iniciativas e planos para o futuro.

Atividade promovida pela ONG Frutos do Amanhã

Quais são as principais inspirações para o trabalho da organização?

Temos um lema que vem inspirando e servindo de mantra para que possamos seguir em frente: Educação, Respeito e Disciplina.

Quais foram os projetos mais bem-sucedidos de 2017?

Executamos vários projetos como oficina de idiomas, capacitação escolar, danças culturais, capoeira, oficinas e ballet. Posso destacar dois como os mais bem-sucedidos, que foram as oficinas de Artesanato e Geração de Renda e o Ballet Sonho de Menina.

Ballet Sonho de Menina

Quais são os principais projetos da ONG Frutos do Amanhã para 2018?

Queremos ampliar nosso projeto educativo, melhorar e ampliar nosso espaço físico e buscar apoio para poder atender a famílias que se encontram na fila de espera para participar de nossas atividades.

Que tipo de impacto a organização deseja causar para o mundo?

Transformar crianças que vivem em situação de risco em cidadãos através da educação e cultura.

Oficina realizada pela ONG

Qual a importância de participar de uma rede social do bem social como a Horyou?

Fomos convidados em 2015 pela Horyou, que nos esclareceu sobre o funcionamento da rede, e desde então estamos ativos na plataforma buscando apoio para os projetos.

Vivemos em uma era de constante transformação. Quais são as mudanças positivas que você deseja para a sua comunidade e para as gerações futuras?

Estamos em uma região carente como muitas espalhadas pelo mundo, se com nossas ações conseguirmos livrar algumas crianças do tráfico de drogas, que hoje está sendo o primeiro emprego de crianças e adolescentes, será uma grande vitória.

ATEAL_1

Horyou esteve em contato com uma das responsáveis da Associação Terapêutica de Estimulação Auditiva e Linguagem (ATEAL) situada em São Paulo, Brasil. A simpática Marina irá nós conta um pouco da historia da ATEAL.

Marina Argentin_InArticle

Oi! Meu nome é Marina Argentin, trabalho na ATEAL (Associação Terapêutica de Estimulação Auditiva e Linguagem) há 5 anos, e atualmente trabalho com comunicação e captação de recursos para a Instituição.

A ATEAL foi fundada em 1982, e nestes 33 anos de existência tem atendido pessoas com deficiência auditiva e com distúrbios de comunicação, gratuitamente, através de convênios com as secretarias de saúde de Jundiaí e mais 23 municípios da região, também através parcerias com conselhos municipais, doações espontâneas, ações pontuais e eventos.

O objetivo maior é prestar atendimento à estas pessoas, por meio de pesquisa, diagnóstico, e reabilitação, para seu bem estar e inclusão. Atualmente os nossos maiores desafios são financeiros. Nós gostaríamos de ter mais independência financeira dos órgãos públicos e maior arrecadação/ investimentos com projetos sociais, eventos, produtos sociais e sócios contribuintes. Os convênios com as prefeituras não cobrem todos os nossos gastos, e por isso temos que fazer outros tipos de ações como sorteio de carro, bazares entre outros para captar recursos.

ATEAL_2_inArticle

Mais os mais importante é que todos dias temos conquistas. Ver um bebê que falha na triagem auditiva, lá na maternidade, e chega aqui sem ouvir nada, ser acompanhado e reabilitado e aprendendo a falar, ver uma criança surda cantando no coral e muitas outras situações, todas elas nos enchem de alegria. Cada paciente tem uma conquista individual, e todos os dias vemos essas conquistas. Estas ações transformam nosso dia-a-dia e fazem com que tenhamos mais motivação em lutar para conseguir os recursos. Além disso, atualmente nós temos um desafio que está virando uma conquista enorme, que é a construção do Centro de Estudos e Pesquisas. Nós lançamos a pedra fundamental há 3 anos, e estamos em processo de aprovação para começar a construção. Através deste centro pretendemos continuar as pesquisas genéticas da surdez e da dislexia, e iniciar muitas outras, reduzindo assim o índice da surdez. É um desafio pois precisamos de parceiros interessados em patrocinar toda a obra e também as pesquisas. Com o Centro de Estudos e Pesquisas construído! Também espero que a gente consiga achar outros meios de captação de recursos, e não depender tanto dos convênios para atender os pacientes. Espero que a gente consiga esclarecer e implantar uma cultura de doação entre as pessoas e que elas se associem a nós espontaneamente para fazer o bem. É quase como um planejamento.

ATEAL_3_inArticle

Se não sonharmos, nem procurarmos inspirações, não temos como agir para alcançar os sonhos. Nós sonhamos muito na ATEAL, e isso nos faz ir longe para buscar novidades para nossos pacientes. Nós nos inspiramos neles e também os inspiramos, queremos mostrar que o mundo é um bom lugar e que pode ser melhor ainda. Todos os profissionais passam bons valores para eles. Precisamos agir e fazer isso todos os dias, para que eles se inspirem, sejam boas pessoas no futuro e transmitam isso para outras pessoas.

Por Edriana Oliveira Major

More Stories

La nouvelle technologie soutient et favorise l'inclusion sociale et économique, apportant de la transparence et de la confiance à la philanthropie https://www.youtube.com/watch?v=P1cepc_jU0E   Au cours des derniers...