Cinco amigas, amor pelo voluntariado e a vontade de realizar sonhos infantis. Dessa fórmula surgiu o Projeto Parabéns, que desde o ano passado realiza festas de aniversário para crianças carentes de São Paulo. Todos os meses, com a ajuda de voluntários e doadores, Carol, Isabela, Lilian, Rita e Tati garantem que crianças de abrigos, ocupações e comunidades tenham a oportunidade de comemorar mais um ano de vida. O Horyou blog entrevistou Lilian Ambar, co-fundadora do Projeto, sobre as inspirações e o futuro dessa iniciativa.

Fundadoras do Projeto Parabéns
Fundadoras do Projeto Parabéns

Quando e como surgiu o projeto Parabéns?

O Projeto Parabéns surgiu em abril de 2016. Eu e a Carolina, co-fundadora, trabalhamos juntas e, por estarmos envolvidas em outros trabalhos voluntários, resolvemos fazer algo que levasse alegria e empoderamento para crianças e adolescentes. Pesquisamos e chegamos ao modelo do Projeto Parabéns. Nossa primeira festa foi no dia 9 de abril, como parte do Dia das Boas Ações, um evento mundial que acontecia pela primeira vez no Brasil. Escolhemos um abrigo (antigo orfanato) e fizemos um piloto lá. Foi uma festa linda. No dia seguinte, tivemos uma exposição do Projeto, junto a outras ONGs, no Ibirapuera, e um dos assistidos pelo Abrigo São Judas, onde fizemos a festa, foi nos visitar e contou do encantamento e planos das crianças, que já estavam escolhendo os temas de suas próprias festas. Isso tocou nosso coração profundamente e sentimos que tínhamos um compromisso com essas crianças e adolescentes. Fechamos, então, um convênio com eles e realizamos festas lá durante um ano, para conseguir proporcionar um dia especial para todos os assistidos.

Quantas festas já foram realizadas?

Além das festas de aniversário, que são personalizadas, fazemos festas de Dia das Crianças, Natal e Dia da Alegria – esta em parceria com empresas e outras instituições. Já realizamos 14 festas e teremos mais uma na próxima semana, em Perus, para 66 crianças bem carentes.

Crianças brincam em uma das festas organizadas pelo projeto
Crianças brincam em uma das festas organizadas pelo projeto

Onde o projeto atua e como ele se mantém?

Por enquanto atuamos somente em São Paulo e dependemos 100% de doações de voluntários, amigos, familiares e parceiros. Mas já estamos com um projeto para nos tornarmos uma associação até o final do ano, o que nos permitirá ampliar as possibilidades de doações.

Quais são os planos para o próximo ano?

Trabalhamos para transformar o Projeto Parabéns em um dos projetos de uma ONG séria, que se dedica a assegurar os direitos das crianças e adolescentes negligenciados na sociedade. Por meio de outros projetos, ainda em fase de estudos, queremos levar oportunidades para eles.

Além dos aniversários, o projeto organiza festas temáticas como a do Dia da Alegria
Além dos aniversários, o projeto organiza festas temáticas como a do Dia da Alegria

A Horyou é a rede social do bem social. Qual a importância das redes sociais para o projeto?

As redes sociais são fundamentais para nós. A partir delas, os voluntários se cadastram, arrecadamos doações, fazemos parcerias e mobilizamos centenas de pessoas pela nossa causa, além de divulgar todas as festas, novidades e necessidades do Projeto Parabéns. Sem o poder das redes sociais, não teríamos criando uma rede do bem tão poderosa.

Horyou apoia as iniciativas de inovação social que ajudam o mundo a alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, e é organizadora do SIGEF, o Fórum de Inovação Social e Ética Global. Seja a mudança, seja Horyou!

Tweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInShare on FacebookEmail this to someone